sexta-feira, 24 de julho de 2009

Lista


Cheguei no 15 de julho com aquela sensação de meio do ano. No elevador, a conversa era “nossa, já chegou o meio do ano!”. Na farmácia, a caixa disse “já estamos em julho e eu nem vi metade do ano passar”. Minha mãe me disse: “esse ano está mais rápido do que o outro”. Aí... Cheguei em casa, cuidei das tarefas do lar e como o sono não veio, resolvi abrir a lista. A lista é formada pelas 16 coisas que resolvi priorizar para 2009 para não chegar com a sensação de vazio que às vezes me persegue. Listei no último dia do ano, ia coloca-la no guarda-roupa, mas não sei porque cargas d´água, ela ficou dobrada na pasta de couro que nunca uso.
Abri a lista para ver como eu estava no andamento das coisas, mas também para entender o que era prioridade seis meses antes e agora não é mais. Descobri que começar foi fácil, que empaquei onde sempre empaco e que mudei muito nos últimos meses.
Dos 16 itens, dois estão fora, dependiam demais de terceiros e foram um exercício para minha confiança... Nove itens estão em andamento pleno com adaptações. Um item já não é mais tão importante, eu estava muito exausta quando o priorizei. Dois itens dependem da minha paciência, então vou me comprometer mais com ela. E três itens são fiéis às listas de quase todo mundo (economizar, malhar e estudar), mas ainda estão nos planos de setembro.
Até dezembro acho que chego bem perto dos 80%, o que será muito bom.Não estavam escritos na lista, mas faziam parte dela e estão em pleno êxito: ler um livro por mês, ir mais ao cinema, fazer novos amigos, cozinhar, reciclar, ousar um bocadinho, ser mais irmã da minha irmã, organizar minha casa... E todos me fizeram muito bem, obrigada, e vão deixar a lista, no balanço final, com as graças divinas, com aproveitamento 100% do seu objetivo principal: sorrir mais.

4 comentários:

  1. Vou fazer um lista dessas... sem falta!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu faço as listas mentalmente...É mais fácil me perdoar depois pelo que não faço. Basta só esquecer...:) Estou na torcida pra que vc cumpra suas metas. E pra que, quando chegar dezembro, vc olhe pra trás e pense 'foi um ano feliz'. Isso é o que importa. Beijo! Ah, me delicio com as histórias do seu filhote. Bom demais!

    ResponderExcluir